Telegestão e Telemetria
Na gestão do sistema de abastecimento de água a Águas do Porto, EM, tem integrado sistemas de Telegestão e Telemetria, bem como centros de controlo remoto. Estes sistemas permitem a monitorização e o controlo em tempo real do sistema, permitindo o conhecimento das reais condições do escoamento, bem como a pronta atuação perante as solicitações e as ocorrências diárias.  

Telegestão

Através de tecnologias de informação e de comunicação, o sistema de Telegestão baseia-se na recolha de dados no local, para interligação remota com a Sala de Comando, apresentando estes dados num layout simples e intuitivo para facilitar a visualização dos mesmos e a tomada de decisões decorrentes. Estes dados são representados instantaneamente na forma ilustrativa, bem como numericamente, na forma gráfica e com apresentação de relatórios. 

Este sistema inclui igualmente a alarmística predefinida e necessária: níveis de água nas várias células dos reservatórios, estado de funcionamento dos grupos eletrobomba, caudais instantâneos, estado das válvulas, bem como os alarmes de segurança e sistema de videovigilância integrado.

Através da visualização em tempo real das várias variáveis de operação do sistema e o armazenamento de registos históricos, a Telegestão permite a gestão remota dos equipamentos, nomeadamente nas situações de anomalia, de forma a garantir a segurança e a continuidade do serviço de fornecimento de água. 


Telemetria

O sistema de abastecimento de água do Porto está igualmente dotado de um sistema de Telemetria que abrange a globalidade das zonas de abastecimento da rede, englobando igualmente os reservatórios que ainda não estão dotados de Telegestão. 

Este sistema permite o conhecimento em tempo real do escoamento ao nível dos caudais de entrada e saída nas zonas de abastecimento e das pressões em dispersos pontos de monitorização e controlo distribuídos pela rede através de data loggers que medem, registam e enviam remotamente os dados para a sede em intervalos de tempo pré-definidos, ajustáveis de acordo com o grau de tratamento dos dados.
Paralelamente, a Águas do Porto, EM, tem contadores com Telecontagem instalados na rede de abastecimento, sendo que parte deles estão em comunicação com concentradores criteriosamente localizados, que enviam remotamente as leituras compiladas dos divisionários para a sede.