Fases 1 - Programa de Trabalhos
A Fase 1 corresponde ao arranque do trabalho e consiste na estruturação conjunta do Programa de Trabalhos, entre o Consórcio Aqualogus/Biodesign/Apload, a Águas do Porto e as entidades parceiras.
Fases 2 - Caraterização e Diagnóstico da Situação Atual
A Fase 2 compreende a caracterização e o diagnóstico da situação atual, resultante do levantamento da informação existente, dispersa pelas várias entidades competentes, e do estudo detalhado sobre um conjunto de fatores base.

Tendo em vista o desenvolvimento de uma visão conjunta, coerente e ajustada à realidade e expressando as expectativas de futuro para a área de intervenção, mediante a identificação de vetores estratégicos, foi realizado um Fórum, que contou com a presença de vários Stakeholders.
Fases 3 - Planos de Praia
A Fase 3 correspondente aos Planos de Praia, incluindo desenvolvimento de perfis de águas balneares e uma proposta de valorização e requalificação da frente marítima do Porto, à cota baixa, incidindo sobre cenários de desenvolvimento territorial e propostas de ação.
Fases 4 - Sistemas de monitorização, alerta e informação
A Fase 4 inclui o desenvolvimento das metodologias e ferramentas para a implementação faseada de sistemas de monitorização, alerta e informação, compreendendo os seguintes elementos base:

- Proposta esquemática de modelo de previsão da qualidade da água para as zonas balneares do Porto;

- Definição da informação de base necessária para alimentar o modelo em fase de implementação;

- Proposta hierarquizada de metodologias e ferramentas para a implementação faseada de sistemas de monitorização, alerta e informação;

- Definição das especificações do sistema para análise e tratamento da informação;

- Definição das especificações de um sistema de disponibilização da informação ao público.
Fases 5 - Proposta de Plano de Estrutura para a Frente Marítima

A Fase 5 compreende a elaboração de uma proposta integrada para o Plano de Estrutura para a Frente Marítima do Porto, incluindo um programa de implementação estratégica faseada e as bases para um plano de prevenção e defesa de riscos naturais e acidentais. Incide, igualmente, sobre a definição de cenários de requalificação urbana e faseamentos adaptados ao atual contexto económico e social, que promovam um processo de desenvolvimento integrado e sustentado do território. A proposta reflete, em particular, o maior respeito pela melhoria nas condições de bem-estar, circulação e estadia do peão, atendendo ao carácter lúdico do local, integrando os seguintes temas: Mobilidade; Acessibilidade; Equipamentos/Serviços de Apoio e Recuperação de infraestruturas existentes.

Antes da conclusão da Fase 5 dá-se início ao período para a concertação das entidades relevantes e para a participação do público.

Pode consultar toda a documentação disponível "clicando" nos link's da tabela:

Peças

Escritas

Desenhadas

Vol.1 - Memória Geral

5,9 MB

-

Vol.2 - Caraterização e diagnóstico da situação atual

34,6 MB

1 000,3 MB

Vol.3 - Planos de Praia

5,0 MB5,4 MB
4,9 MB

Vol.4 - Perfis das águas balneares

23,1 MB
0,7 MB

Vol. 5 - Metodologias e ferramentas para a implementação de sistemas de monitorização, alerta e informação

8.2 MB

44,1 MB

Vol.6 - Requalificação do espaço público envolvente

15.7 MB

94,9 MB


Fases 6 - Plano de Estrutura para a Frente Marítima do Porto
A Fase 6 inclui os ajustes finais e apresentação do Relatório Final, incluindo as bases para um Plano de Prevenção e Defesa de Riscos Naturais e Acidentais.