A valorização e a preservação do recurso ÁGUA é fundamental para a garantia da sua disponibilidade do meio ambiente. A sua utilização racional e responsável é essencial para uma entidade como a Águas e Energia do Porto, EM, e função do usufruto consciente de todos os utilizador, pelo que se elencam algumas dicas úteis:



  • Sempre que detetar uma fuga ou perda de água na rede pública de abastecimento de água, solicitamos o seu reporte direto através da linha de atendimento geral/avarias (225 190 800) ou mensagem via WhatsApp (967 265 870), ambos disponíveis 24 horas por dia e 365 dias por ano. Prometemos agir o mais célere possível, agradecendo todos os reportes.


  • Controle o consumo de água na sua habitação, através do contador instalado. Assegure-se que não existem perdas de água internas e, nesta medida, garante que apenas paga o que consome.


  • A água do Município do Porto é totalmente potável, pelo que a sua melhor utilização é bebê-la. Trata-se de um produto com uma qualidade de excelência, cujo consumo é da total confiança e segurança, contribuindo para a sustentabilidade.


  • Deve higienizar e desinfetar as cisternas prediais de 6 em 6 meses, para garantir que a água em reserva mantém as excelentes condições de potabilidade em que é fornecida pela rede pública e não fica contaminadas nestas estruturas. Solicite sempre os certificados de higienização e os boletins das análises laboratoriais, afixando-os junto às cisternas.


  • Garanta que a sua rede e canalização predial se encontra em boas condições de conservação, operação e salubridade, por forma a manter a potabilidade e qualidade da água distribuída.



UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA:


  • Tome banho rápido, privilegiando o duche, no máximo de 10-15 minutos, economizando água e energia. Feche a torneira enquanto coloca shampoo e gel de banho.


  • Ao lavar as mãos e os dentes, feche a torneira sempre que estiver a ensaboar as mãos ou a esfregar os dentes, poupando água potável.


  • Utilize as máquinas de lavar roupa e loiça com a carga completa sempre que possível, juntamente com programas de lavagem económicos e com reduzidos consumos de água e energia.


  • Opte, sempre que possível, pela opção de meia descarga no autoclismo ou, caso não tenha essa opção disponível, coloque no depósito uma garrafa cheia de água para aumentar o volume e diminuir o volume de água descarregado, poupando.


  • Nas lavagens de frutas e legumes, aproveite a água sobrante para regas de plantas e de jardins, contribuindo para o aproveitamento do recurso.


  • Sempre que possível, opte por regar os jardins com águas aproveitadas e sempre em período de menor calor. Aproveite igualmente para ir verificando se existem fugas de águas na canalização, para evitar o desperdício e a faturação em demasia.


  • Privilegie as lavagens de automóveis e pátios exteriores com recurso a baldes e esponja, ao invés de mangueiras permanentemente ligadas, por forma a evitar o grande fluxo de água necessário e, desta forma, evitar o elevado desperdício