Jardim da Água: as fontes foram as grandes estrelas desta segunda edição
15-01-2020

O Jardim da Água regressou ao Parque das Águas e trouxe centenas de visitantes a este miradouro à beira rio plantado. As fontes existentes no parque foram as grandes estrelas desta segunda edição, naquela que foi uma espécie de passeio pela história do século 20 da cidade.


O historiador Joel Cleto e o arquiteto Mário Mesquita foram os guias de duas visitas pelos percursos das fontes e chafarizes que foram sendo instaladas neste parque, entre as décadas de 1930 e 1960, à medida que a foram sendo retiradas das ruas da cidade.

Além das visitas guiadas, os visitantes puderam ainda participar, durante todo o dia, numa iniciação à prática da Orientação, comprar produtos biológico e artesanais no mercado tradicional (que todos os meses se instala no Parque das Águas) ou assistir a um momento de música e dança.

O Jardim da Água é uma iniciativa mensal promovida pela Águas do Porto, com uma programação ativa e regular, que pretende aproximar a população do Parque das Águas, um pulmão verde em plena zona oriental da cidade.

O evento decorre sempre nos segundos sábados de cada mês, das 10h00 às 17h00, com entrada gratuita. O estacionamento durante o evento é livre no Parque de Estacionamento da Águas do Porto, mas a Estação de Metro do Heroísmo e a Estação de Campanhã ficam apenas a alguns metros do Parque.

Percorra a galeria para ver como correu esta segunda edição e esteja atento... Se a meteorologia o permitir, o Jardim da Água está de regresso no dia 8 de fevereiro.