A Águas e Energia do Porto tem em curso, desde 2015, um programa de alteração comportamental de incentivo ao consumo de água da torneira.


Sob o mote "Beba Água do Porto", o programa de incentivo ao consumo de água da rede pública pretende criar nos portuenses o hábito de beber água da torneira. Um dos argumentos mais forte é, aliás, o seu preço: as estimativas apontam para que a água da torneira do Porto seja 450 vezes mais barata do que a engarrafada.


O programa desenvolve-se em torno de cinco eixos principais: Controlo, Saúde, Segurança, Preço e Sabor. A mensagem é simples: a água da torneira do Porto é segura, faz bem à saúde e é barata.


Segundo as análises efetuadas à rede de distribuição domiciliária, o Porto apresenta, em 99,7% dos casos, água de excelente qualidade. A Águas e Energia do Porto faz, todos os anos, mais de 40 mil análises que garantem assim o controlo absoluto da qualidade da água para consumo humano, de acordo com as normas da Organização Mundial de Saúde.


O Plano de Segurança da Água, desenvolvido pela Águas e Energia do Porto, garante que a água mantém níveis de qualidade de excelência, prevenindo eventuais riscos para o consumidor. Segundo o estudo da Universidade Católica, 73% dos portuenses reconhece a boa qualidade da água da rede pública, no entanto, apenas 37,6% dos portuenses admite beber sempre água da torneira. É, por isso, de extrema importância, divulgar e dar a conhecer a boa qualidade da água da rede pública, garantida pelas análises regulares efetuadas pelo Laboratório da Águas do Porto.



Já tem a sua garrafa Porto.?


As duas garrafas Porto. já se encontram à venda. Criadas no âmbito do Programa de Alteração Comportamental para o Consumo de Água da Torneira, "Beba Água do Porto: É Boa Todos os Dias!", as garrafas estão disponíveis nas capacidades de 0,5L e de 1,5L.


A garrafa maior, de vidro, é uma garrafa mais clássica, para ir à mesa, e tem uma base tem características isotérmicas que auxilia à manutenção da temperatura da água. Porque se destina a servir água da torneira, não possui tampa permitindo assim a evaporação do cloro.


A garrafa de 0,5L é de PET (Politereftalato de etileno), um tipo de plástico resistente, reutilizável e duradouro, é constituída por garrafa e copo. O objetivo deste recipiente é dar portabilidade à água da torneira, permitindo que a leve consigo e que a possa encher em qualquer lado.


As garrafas podem ser adquiridas no espaço de atendimento ao público da sede da Águas e Energia do Porto, na Rua Barão de Nova Sintra, ou no Pavilhão da Água. A garrafa de vidro tem um custo unitário de 8 euros e a mais pequena de 5 euros.




Garrafas com design


As garrafas forma criadas por Teresa Soares e Paulo Seco, a dupla vencedora do concurso "Dás o litro pelo Porto?", promovido pela Águas e Energia do Porto.


O concurso surgiu na sequência do Programa "Beba Água do Porto", lançado pela empresa municipal, com o objetivo de promover a água da torneira. Consciente da necessidade de alterar comportamentos relativamente ao consumo de água da torneira e tendo por base os resultados obtidos nas análises laboratoriais, que se situam sempre muito próximas dos 100%, a Águas e Energia do Porto lançou o referido programa para mudar os hábitos de consumo dos portuenses.


Se a segurança dada pelas referidas análises, bem como o reduzido preço da água do Porto quando comparado com a água engarrafada, são considerados pontos fortes desta campanha, a portabilidade apresentou-se como um aspeto a melhorar e levou à criação das garrafas Porto..