Seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e no decurso das orientações estratégicas internas no âmbito da qualidade da água para consumo humano, a AEdP levou a cabo a elaboração e implementação do Plano de Segurança da Água (PSA) do Município do Porto nos anos 2014/2015.


O objetivo estratégico do PSA é o de “assegurar sistematicamente a Segurança e a Aceitabilidade do abastecimento de água para consumo humano em termos de Quantidade e Qualidade no Município do Porto”. Já o seu âmbito abrange todo o Sistema de Abastecimento de Água (SAA) desde os Pontos de Entrega até à torneira do consumidor.


Seis anos passados desde a primeira versão, o Plano de Segurança da Água foi alvo de uma profunda revisão que se concluiu no início de 2021. Tendo sido totalmente reformulado e atualizado, este Plano dota a AEdP de uma ferramenta de índole proativa, imprescindível na avaliação e controlo do risco, para apoio na tomada de decisão, identificando medidas de controlo, planos e ações de melhoria que fortalecem e capacitam a estrutura da AEdP na gestão diária de todo o Sistema de Abastecimento de Água do Município, evitando situações que possam colocar em causa o abastecimento de água aos seus Clientes.


Com a revisão do PSA e a sua implementação no SAA, a AEdP visa reforçar inúmeros benefícios, internos e para os consumidores, dos quais se destacam:

  • Proteção da saúde pública;
  • Aumento do nível de confiança e satisfação dos consumidores e da aceitabilidade do produto final, a Água;
  • Maior eficiência na redução de perdas e Água Não Faturada;
  • Estratégia de atuação proativa e preventiva, agindo por antecipação;
  • Foco nos pontos críticos e sensíveis do SAA;
  • Aumento da fiabilidade do sistema, assegurando alternativas de abastecimento;
  • Apoio na priorização dos investimentos da Empresa;
  • Conjugação das estratégias de gestão da Empresa;
  • Redução de custos e otimização dos recursos existentes;
  • Melhoria contínua – "hoje melhor que ontem, amanhã melhor que hoje".


Para além de garantir a total e excelente qualidade da água distribuída, o Plano de Segurança da Água assegura igualmente que esta é fornecida continuamente, em quantidade suficiente e com a pressão adequada às necessidades dos seus utilizadores, estabelecendo um conjunto de procedimentos que enfatizam o papel fundamental que o consumo de água em segurança assume na proteção da saúde pública. Esta abordagem de avaliação e de gestão do risco permite maximizar os seus benefícios e assegurar a integridade do sistema, com distribuição de água segura e da confiança do consumidor.


O Plano de Segurança da Água constitui, para a AEdP, uma premissa indispensável para serem alcançados os propósitos sociais de acessibilidade generalizada deste recurso, presentes e vindouros, sendo a AEdP um agente fulcral, no que ao Abastecimento de Água diz respeito.