Crianças pintam sarjetas contra o lixo em ação orientada por "street artist"
30-09-2019

Cerca de três dezenas de crianças responderam ao desafio "Pinta a tua sarjeta!" e, usando a imaginação e a criatividade, participaram numa ação de sensibilização ambiental em que foram orientadas pelo grafiter portuense GODMESS.


A iniciativa, promovida pela Águas do Porto no âmbito das ações de Educação Ambiental da Bandeira Azul, teve como objetivo lembrar a população que as sarjetas (ou bueiros) têm como função a recolha e o escoamento das águas pluviais, recebendo muitas vezes resíduos como beatas de cigarros ou plásticos. Por isso, todo o lixo que é atirado para o chão acaba por ir parar ao mar através das sarjetas.

Assim, 31 filhos de colaboradores da empresa municipal Águas do Porto foram envolvidos na operação e receberam indicações preciosas do artista GODMESS, aderindo à campanha pela sustentabilidade ambiental que foi depois aplicada nas sarjetas da Sede da Águas do Porto e na zona da Foz, junto ao Sealife. Ali foi então posto em prática o desafio "Pinta a tua sarjeta" com imagens apelativas sobre esta problemática.

Os desenhos pretendem alertar para a boa utilização das redes de drenagem de águas pluviais, uma vez que tudo o que é deitado ao chão é levado para estes sumidouros, seja através da ação do vento, da chuva ou das lavagens. As sarjetas, que têm como principal função impedir o alagamento e inundação das áreas urbanas, fazem parte da rede de águas pluviais e drenam diretamente para ribeiras e rios, que levam depois tudo para o mar.

As beatas são o caso mais visível deste tipo de poluição, mas os papéis, os pauzinhos dos chupa-chupas e outros detritos que deviam ser deitados nos caixotes do lixo acabam nos nossos mares e nas nossas praias. É por isso cada vez mais importante livrarmo-nos dos resíduos no local correto, para que nunca, mas mesmo nunca, acabem no chão.